Cara ou Coroa?

Nessa ilustração, encontramos dois elementos muito importantes: o primeiro é operar com as probabilidades a seu favor, o segundo é certificar-se de que sua mente permite que você faça isso. Quero dizer.

O primeiro elemento é simples: você deve participar dos cenários em que as probabilidades estão ao seu favor, e você faz isso porque entende que não precisa prever o que o preço vai fazer e você se livra dessa armadilha de uma só vez.

O segundo elemento é muito mais complexo: você pode “fazer-se acreditar que entendeu a necessidade de explorar uma vantagem” e continuar a operar a partir de uma mente preditiva. 

Mas por que devemos garantir que estamos participando com uma vantagem a nosso favor? A ideia que você está perseguindo é simples: se você participar da direção mais provável e administrar o risco de maneira adequada, mais cedo ou mais tarde as probabilidades o alcançarão e você acabará ganhando.

Vamos primeiro dar um passo atrás e ter certeza de que estamos conceitualmente no mesmo entendimento ao responder a esta pergunta. Por que não nos concentramos em adivinhar o que o preço fará?

Se não for óbvio para você, preste atenção porque isso pode estar bloqueando seu progresso: Imagine que você deseja adivinhar o resultado do lançamento de uma moeda que você tem no bolso. Se você tirá-lo e jogá-lo para o alto, ela dará cara ou coroa? Você entende que qualquer previsão que você fizer será insustentável e puramente aleatória? 

Agora imagine também que você se dedica a essa tarefa: procurar um sistema que permita adivinhar o que vai acontecer no mercado antes que aconteça. O horizonte causal ainda não aconteceu, a onda quântica ainda não entrou em colapso e tudo o que podemos saber sobre o futuro devemos limitar a um mar de probabilidades.

No exemplo da moeda, podemos estabelecer que existe uma certa probabilidade de cara e uma certa probabilidade de coroa. Faça o experimento: jogue uma moeda 1000 vezes e registre o resultado. Você verá que metade dos lançamentos são cara e a outra metade coroa.

A probabilidade é de 50% para ambos os cenários, mas cuidado, sabendo que NADA tem a ver com adivinhar se você terá uma cara ou uma coroa no próximo lance. Isso é simplesmente aleatório.

Se você jogar três vezes e obter três caras, qual é a probabilidade de que a quarta jogada seja cara? Isso aumenta? Isso diminui? É mais provável coroa porque já surgiram três caras? É mais provável que a tendência continue e outro rosto apareça? Ou na verdade a moeda “não tem memória” e, portanto, cada lançamento é independente do anterior?

Outra coisa é calcular a probabilidade de obter quatro faces iguais, isso é um fato que sabemos, mas entender muito claramente que o resultado do próximo lançamento é independente do anterior e, portanto, imprevisível além de uma probabilidade.

Agora imagine você participando de um jogo em que cada vez que sai cara para você ganha 100 $ e cada vez que sai coroa você perde $ 50. Você está interessado nesse jogo? Toda vez que você ganha, ganha o dobro do que arrisca. É um jogo com expectativa matemática positiva, um jogo em que, eventualmente, você vai ganhar, se devidamente gerenciar o seu risco.

Você percebe a mudança de foco? Nesse caso, você não está mais interessado em adivinhar o futuro, apenas em encontrar um sistema que lhe dê o dobro do que você arrisca. Conseguir isso não é necessariamente fácil, mas é muitíssimo possível. Em vez disso, encontrar uma maneira de prever, o tal do Santo grau no trade é um absurdo.

Mesmo com um sistema que tem esperança matemática positiva, você ainda não está seguro: você tem que gerenciar adequadamente o risco para evitar a falência.

Imagine que você começa com $ 1000 e faz sua aposta: se eu lançar uma moeda e sair cara você ganha, receberá o dobro do que apostou e se der coroa você perderá tudo. Quanto você aposta?

Você tem as probabilidades a seu favor, mas deve administrar o risco para permitir que as probabilidades do sistema trabalhem a seu favor.


Imagine a situação em que você arrisca $ 1000 : você terá dobrado seu dinheiro, terá $ 2000. Mas e se sair coroa? Você terá perdido tudo. O risco de coroa é de 50% então você pensa e desiste de apostar tudo. Quanto você aposta? $ 500? Se sair coroa, você terá perdido, mas terá outros $ 500 restantes para continuar apostando, certo? Mas se a próxima aposta for do mesmo valor, você ainda terá 50% de chance de perder tudo.

Se você lançar uma moeda 20 vezes, espera obter 10 caras e 10 coroas, mas não sabe em que ordem elas sairão. Você pode descobrir que 5 ou mais caras surgem em sequência. Se você participa de um sistema com expectativa matemática positiva, mas arrisca muito e enfrenta uma série de negociações perdedoras consecutivas, você pode ir à falência antes do sistema se mover a seu favor. Você entende?

Resumindo: Que o seu risco seja tão pequeno que você garanta que a probabilidade de falência seja reduzida a zero. Isso, em termos práticos, significa que você não deve assumir posições com risco superior a 2% do seu capital.


Agora que estamos na mesma linha de raciocínio, vamos voltar ao segundo elemento: você pode “fazer-se acreditar que entendeu a necessidade de explorar uma vantagem” e continuar a operar com uma mente preditiva.

Vejo isso com tanta frequência que fico com raiva por não conseguir gritar com um alto-falante maior. Se você entende que não deve prever o preço, deve agir de acordo com esse conhecimento. Mas, em vez disso, é muito comum que os traders sejam pegos por comportamentos que expressam a busca por previsões. Você não adivinha o porquê, não pode e não é necessário, mas não basta dizer que o compreende, deve vivê-lo. Se você disser que já entendeu que sua negociação deve ser baseada na exploração de uma vantagem, sua negociação deve refletir isso, mas o que vejo são muitos traders que dizem isso e fazem o oposto.


Se você move o seu stop loss, você está prevendo.
Se procura confirmação do preço que está a prever.

Se você responde emocionalmente aos movimentos dos preços, você está prevendo.

Se você fica frustrado ou zangado, P* toda vez que perde uma operação, você está prevendo.
Se você dá mortal para trás quando sua operação atinge o alvo, você está prevendo.

Se você prevê, você coloca o foco da atenção em um lugar onde não deveria estar. Seu foco deve permanecer em executar um sistema que lhe dê uma vantagem. É o sistema que vai encher seu bolso, não você. Você não precisa fazer nenhuma previsão sobre o que vai acontecer, apenas execute fielmente, gerencie os riscos para evitar ser arruinado por uma sequencia de perdas e relaxe.

Seu foco deve ser seguir o processo, o plano de trader do seu sistema.

Imagine que você tem uma informação verdadeira, um dado em que um dos lados de sua moeda pesa mais que o outro, um dado que fará aquela face da moeda ter vantagem acima da outra face. Não é que esse lado sempre apareça, é que aumentará a probabilidade de que apareça. Se você jogar baseado com nessa informação e apostar naquela face, terá uma clara vantagem sobre os outros jogadores, simplesmente irá a favor da face mais provável, mas na realidade você não fará nada. Os dados farão o que devem fazer e as probabilidades em uma série de lançamentos a médio e longo prazo, acabarão sendo expressas. Entenda, entretanto, que não há esforço de sua parte, que não importa o quanto você olhe para o dado, não importa o quanto você mova o copo com o dado de de um lado para o outro antes de jogá-lo, ou não importa o quanto você ore aos deuses, o dado e não você, fará o que tem que fazer. Você não faz com que a probabilidade apareça.

Assim como você não faz o mercado se desenvolver em uma determinada direção, você não se esforça para que nada aconteça no mercado, o mercado flui estando você nele ou não. E seu trabalho se limita a garantir que você esteja na direção em que ele está fluindo e não contra. E se você for contra ele, você sai com o menor custo possível. Mas quão difícil é isso?

Se você lançar uma moeda que lhe dá o dobro da aposta, que esforço deve fazer para ganhar? Nenhum. Nada. Você só precisa administrar seu capital e o sistema o fará ganhar dinheiro. Seu trabalho é evitar a ruína. Você não faz nada com sua mente para fazer cara ou coroa, você não faz nenhum trabalho na próxima previsão, cada lançamento tem um resultado aleatório associado a uma probabilidade de 50% que é tudo que você precisa para vencer.

Portanto, é muito importante agrupar seus resultados em séries. Você pode perder uma operação isolada, mas se participar com a probabilidade a seu favor, ganhará todas as séries que vencer. 

Não importa se alguma negociação está perdendo, você está ganhando, mesmo nesse caso, porque sabe que deve aceitar negociações perdedoras porque seu sistema associa uma probabilidade a esse fato. Isso vai acontecer, ou seja, toda vez que você perde, você está ganhando.

Mas então por que você se diverte com previsões? Por um lado, porque sua mente gosta de controle e deseja exercer algum tipo de influência no resultado. Já vimos que isso é desnecessário e errado. E por outro lado porque você não entendeu.

Que consequências isso tem para você? Se o seu comportamento reflete a tentativa de prever, você não agirá no seu melhor interesse, não participará toda vez que tiver a probabilidade a seu favor, mas toda vez que achar que sabe o que vai acontecer. Se você não tem certeza de que vai esperar até ter essa segurança, quando a tiver e participar, você não gerenciará o risco adequadamente e se alavancará excessivamente porque pensa que sabe o que vai acontecer, você se faz acreditar que pode controlar o resultado, que desta vez sim, que esta entrada é tão evidente que não pode falhar e irá falhar, é claro que irá falhar. É a abordagem errada. Se você continuar com a mente preditiva, procurará um sistema que não tenha negociações perdedoras, então você se perderá como um peixe perseguindo uma isca, a chave para a consistência não está aí.

Ninguém gosta de perder, mas perder faz parte da negociação e é por isso que o que fazemos é nos proteger dessas perdas, limitar e gerir o nosso risco a partir da aceitação de que isso vai acontecer. Não está em nosso poder controlar o que o preço fará, assim como não controlamos o que uma moeda ou um dado farão. 

Você deve se livrar dessa armadilha se quiser progredir. Você deve fazer com que sua mente aceite a realidade pelo que ela é: um mar de probabilidades.

Agora, Nesse mar existem assimetrias. Nem todos os cenários são iguais. Existem certos momentos em que as probabilidades são obviamente desequilibradas e é nesses cenários que queremos participar. Mas como faremos esse trabalho se continuarmos presos na miragem da previsão?

Isso é o que você vai fazer: um, você vai redefinir sua mente para que pare de tentar adivinhar o futuro e se concentrar no processo e não no controle, e dois, você vai se certificar de que seu sistema colocará as probabilidades em seu favor.

Entretanto, lembre-se de que se quiser, será um operador bem sucedido no mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *